Saúde

O setor de saúde está em desafio constante apesar dos esforços de profissionais competentes da área. A questão é que as empresas desse setor estão num ambiente fortemente globalizado, consumista, com mudanças rápidas, aumento de doenças e onerosas tecnologias e tratamentos. O uso de tecnologia da informação é um instrumento preciso para transformar positivamente o cenário, sendo preciso no dimensionamento e gestão das empresas.

 

Soluções

  • Fábrica de Software
  • Serviços Profissionais
  • Educação

Casos de sucesso

Módulo de Cobrança Online

Vertical de Indústria: Serviços Esportivos
Área de Negócio: Fábrica de Software

Cenário

Assessoria esportiva que presta serviços de orientação esportiva para a obtenção de uma melhor qualidade de vida. Realizando palestras e workshops, além de eventos como: corridas, caminhadas, ciclismo, natação e o triathlon.

O Desafio

A administração da empresa fazia suas cobranças de pagamento aos alunos manualmente. Assim, com o aumento do número de alunos estava cada vez mais complexo realizar o controle dos seus dados, como: emissão de boletos (de acordo com o programa esportivo do aluno), conferência de boletos pagos, cobrança dos pendentes, entre outros.

Como Ajudamos?

No novo sistema Online , o objetivo foi facilitar a cobrança de mensalidade de alunos pelos administradores, tornando-se um processo mais preciso e ágil.

A ferramenta de auxílio esportivo não possuia uma área para controle de mensalidades, planos e pagamentos. A IVIA analisou os requisitos envolvidos e propôs uma solução para a ferramenta, desenvolvendo um módulo de cobrança integrado e simples para a Assessoria Esportiva. Analistas, desenvolvedores e gerentes se envolveram no processo de criação deste novo e importante módulo. A evolução do sistema foi desenvolvida na plataforma Microsoft .NET, utilizando banco de dados SQL Server, comunicação via Web Services.

Resultados

O “Módulo de Cobrança” foi rapidamente implantado no ambiente de produção do cliente, permitindo que todos seus usuários podessem gerenciar seus planos e mensalidades, além de proporcionar a fácil ingressão de novos alunos.

Intercâmbio Eletrônico entre filiais

Vertical de Indústria: Rede de Assistência Médica
Área de Negócio: Fábrica de Software

Cenário

A rede de assistência médica é maior experiência cooperativista na área da saúde em todo o mundo e também a maior rede de assistência do Brasil, presente em 74,9% do território nacional. A Hoje a rede é composta por 377 cooperativas médicas, que prestam assistência para mais de 15 milhões de clientes e 73 mil empresas em todo País. A filial em Fortaleza é uma dessas cooperativas ligadas à sede, contando atualmente com mais de 300 mil beneficiários.

Detendo 34% do mercado nacional de planos de saúde, de acordo com pesquisa nacional do Instituto Datafolha, é pelo 15º ano consecutivo Top of Mind – a marca mais lembrada – quando o assunto é plano de saúde.

O Desafio

Todas as filiais da rede podiam atender seus beneficiários cujos contratos são de outros estados. Ou seja, um beneficiário com contrato com da filial do Rio de Janeiro podia ser atendido pela filial de Fortaleza, por exemplo.

Os serviços que as filiais prestavam para o beneficiário deviam ser remunerados de forma que o sistema mantivesse financeiramente sadio. Para isto, havia várias maneiras de realizar a troca de informações. Uma das principais maneiras de troca de informações seria as filiais entrarem em contato uma com a outra, identificando seu beneficiário e pedindo autorização para a consulta médica. A filial do Rio de Janeiro, por exemplo, verifica o cadastro de seu beneficiário e dá a resposta ao de Fortaleza, autorizando ou não o atendimento.

A troca de mensagens autorizando ou não a consulta, internação de beneficiários, a indicação de itens que compõem o atendimento em questão, o acompanhamento de requisições que foram encaminhadas para a auditoria, são alguns exemplos de informações que elas teriam de armazenar e utilizar eventualmente. Este tipo de acompanhamento é necessário para que a rede médica não desobedeça às regras regulamentadas pela Agência Nacional de Saúde Suplementar.

Como Ajudamos?

A proposta foi desenvolver um software que cumpra com os requisitos determinado pela sede, realizando a integração de tecnologias das filiais, pois os dados gerados por elas eram escritos em linguagens diversas.

Uma equipe de profissionais compreendida por: 1 Gerente de Projetos, 1 Analista, 1 Arquiteto, 3 Desenvolvedores e uma Equipe de Testes. Assim, definida a equipe, definem-se também as metas e objetivos: um software preparado a solicitar e prover informações entre as filiais em atendimento (sobre seus beneficiários e serviços feitos fora dos domínios de Origem e dentro do utilizado no momento). A análise foi realizada utilizando-se de documentação disponibilizada pela sedel, coletando de informações de todas filiais e entrevistando os usuários e analistas da filial em Fortaleza. Tivemos como produto desta fase a documentação necessária que iria nortear todo o projeto.

A arquitetura global da solução contou com participação de um software para troca segura de mensagens já existente e software desenvolvido em Java pela equipe IVIA. O software desenvolvido pela IVIA tem toda a lógica de negócios necessária para a requisição e provimento de informações entre unidades da rede cooperativa médica.

Resultados

A IVIA entregou o projeto no prazo acordado com o cliente. Neste projeto foram alcançados também os requisitos de qualidade e escopo. As práticas já existentes pela empresa, para o bom gerenciamento e desenvolvimento de software, foram seguidas, tendo um produto estável e tolerante a falhas.

A solução entrou em produção na filial em Fortaleza, a integração dela junto a todas as filiais da rede, hoje, é uma realidade. Os custos operacionais e prazos de atendimento foram reduzidos e otimizados.